Lamparinas a postos!

Confissão: Lamparinas a postos! Certo dia, eu admitia ao Padre, in persona Christi, durante a confissão, pela enésima vez, meu desleixo com a oração pessoal diária. Ciente da falta cometida, entre soluços e lágrimas, pedia ao Senhor que me perdoasse. O sacerdote, com excepcional parcimônia, vagarosamente recitou a passagem abaixo fazendo com que a realização da …