home Destaques, Formação Uma palavra ou duas sobre as doenças da Alma

Uma palavra ou duas sobre as doenças da Alma

Uma palavra ou duas sobre as doenças da Alma

Uma das definições que a Organização Mundial da Saúde (OMS) atribui ao conceito de doença é: a ausência de reação aos estímulos a cuja ação está exposto (...) processo que conduz a uma perturbação da estrutura ou da função de um órgão, de um sistema ou de todo um organismo e suas funções.

Sabemos que este conceito se aplica às doenças do corpo, mas podemos identificar o mesmo modus operandi em uma alma acometida pelo distanciamento de Deus.

Quando abrimos brechas na nossa imunidade – nossa vida de oração particular e pessoal, sacramental, convivência e partilha comunitária, intimidade com Deus – permitimos, mesmo que de forma não intencional e até mesmo inconsciente, que agentes patológicos exteriores que adoecem a nossa alma nos penetrem mais facilmente.

Uma alma doente não reage mais aos estímulos suaves e carinhosos de seu Criador, o que pode culminar na perturbação de todo o seu organismo!!!

Os sintomas começam leves, por vezes pouco perceptíveis, e, com o passar do tempo, sem o devido tratamento, o mal ganha espaço e passa-se a notar funções importantes que constituem o ser, tal qual ele foi imaginado por Deus, sendo comprometidas.

Doenças da Alma...o que fazer então?

O primeiro passo sempre é o diagnóstico: reconhecimento de si. Sem espaço para desânimo ou auto piedade. Confiamos naquele que é conhecido como o Médico dos Médicos e, para Ele, nenhuma doença, seja da alma ou do corpo, é intransponível.

Como nas mazelas do corpo, para as da alma também cabe a prevenção!

Nos prevenimos quando ficamos próximos de Deus e de amizades que levam a Ele, nos cercando de assuntos que nutrem a alma e enriquecem o espírito, criando e nos abrindo a oportunidades de maior conexão com Deus. Desta forma, encontramos maneiras de preservar a alma dos patógenos à espreita.

Não se esqueça: a cada novo dia, uma nova chance de recomeçar!

“A saúde espiritual de um homem é exatamente proporcional ao seu amor por Deus”
C. S. Lewis

 

Pollyana Sobenko

Consagrada da Comunidade Vale de Saron

Acesse nosso Facebook e fique por dentro de todas as novidades da comunidade:
facebook.com/comunidadevaledesaron

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *